sexta-feira, 22 de novembro de 2013

DO OUTRO LADO

Mara Sarmento Photography
Às vezes, queremos muito alguma coisa. Semeamos, dedicamo-nos e apostamos tudo... Aguardamos o tempo, mas a colheita fica destruída e o NÃO é a única resposta às nossas expetativas.
Dizem que quando se fecha uma porta abre-se sempre uma janela….. 
Vou abrir bem os olhos porque, de momento, não vejo nenhuma….

Quantas vezes já te sentiste assim?
Quantas vezes te sentiste injustiçado, humilhado, ou zangado com a vida, porque, por mais que tentes e te dediques, ela insiste em não te dar aquilo que tanto anseias?
Só voltarás a sorrir, de verdade, quando aceitares que essa foi apenas mais uma etapa da sua vida.  Outras virão, umas melhores, outras piores. 
Mas, se pensares bem, vais ver que conseguiste enfrentar, vencer, sobreviver  a todos os momentos difíceis, dolorosos ou menos bons da tua vida e viver para além deles.
Ah, mas existem ainda os problemas recorrentes, as situações que se repetem, ou, até algumas, que te têm acompanhado toda a vida, sejam elas uma doença ou  deficiência, problemas familiares, financeiros ou de trabalho.
Pois é, mas, da mesma forma, só conseguirás sorrir, de verdade, se aceitares esses acontecimentos como algo natural e que faz parte da tua vida.
Até porque, se não tivesses vivido essas circunstâncias, não serias a pessoa que és, não terias a sabedoria que tens, não terias essa família, ou esses amigos, ou esse trabalho,  ou essa casa que tens hoje.
Em cada aprendizagem sobes mais um degrau em sabedoria, conhecimento e, esperemos, como pessoa.
Mas, nunca baixes os braços, nunca deixes de lutar pelos teu objetivos, pelos teus ideais e pelos teus sonhos.... Não deixes que a vida te derrube...
Quando te sentires impotente perante a vida, podes sempre recorrer a esta pequena oração

"Senhor, dai-me força para mudar o que pode ser mudado...
Resignação para aceitar o que não pode ser mudado...
E sabedoria para distinguir uma coisa da outra."


E verás que dentro de ti começará nascer uma pequena luz.  Aquela que se encontra sempre do outro lado.

A IMPORTÂNCIA DA DOR

Ela é a Grande Mestra, infalível, que traz as maiores lições de vida e que reaproxima as filhas e filhos da Luz.
É mediante a dor que temos que há o reconhecimento por nós mesmos do quanto somos fortes. Antes dela somos meros mortais sem consciência de nosso potencial, força e fé. Depois dela somos seres com menor desapego á fatos pequenos e trivialidades do dia a dia e que não possuem real valor.
Nossa dor nunca será maior do que podemos suportar, e sem dúvida é ela fortifica e constrói nosso caráter.
Quando sentimos dor temos a oportunidade de crescer. Quando a dor passa, aqueles que se tornaram sábios mediante a experiência entendem o significado dela em sua vida.
Os que já sentiram dor e superaram são os que mais ajudam os que sentem.
A dor nos torna mais humanos, menos arrogantes e mais humildes.
Quando sentires dor olha para tua vida e pergunta-te o que tens a aprender com ela. A dor passará quando aprenderes a lição.
E saiba, tudo aquilo que feriu, um dia cura.
Shatassá!
By Vanessa de Oliveira



Do outro lado…



Vivo plenamente cada etapa de minha vida em total aceitação, pois uma prova é uma ponte para uma compreensão que me levará à reconciliação interior. Eu vivo portanto cada momento na aceitação, conservando sempre a fé. Sei que, do outro lado, há sempre a Luz.
                                                       Mensagens de Luz

Se as coisas não estiverem fáceis, experimenta interiorizar esta oração, qualquer que seja a tua religião, ou mesmo que não tenhas nenhuma, e prepara-te para fazeres do teu pequeno mundo um lugar melhor
 

Oração de São Francisco de Assis


Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.
 
  
 UBUNTU - “Eu sou porque nós somos”

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os seu comentários, sugestões, pedidos de partilha, etc. são, para além de muito bem-vindos, essenciais para que seja possível atingir os objetivos para os quais este blog foi criado.