terça-feira, 4 de março de 2014

DANÇANDO NA LUZ

Hoje, como em todos os outros dias da nossa vida, é um bom dia para procurar o Caminho da Luz, mas não o faça curvado sob o peso dos problemas, da angústia, da tristeza, da raiva, do despeito, da inveja, da autocomisseração, ou do ódio.


Caminhe em direção à Luz, dançando. Entoe uma melodia que lhe traga paz, calma, boas recordações e bamboleie-se no seu caminhar.
Quando caminha para a Luz, caminha ao encontro de si mesmo e retorna à Origem, à Fonte da Vida, a Deus.
Observe os reflexos, concentre-se na luz...


Não, não é preciso morrer para caminhar em direção à Luz, pelo menos não de uma morte física.
Mas, é necessário que deixe morrer o que já não lhe é necessário, o que em nada o acrescenta, o que não faz de si um ser humano melhor.
Para caminhar  para a Luz há que Renascer.


Renascer, tal como nascer, exige  coragem, força e  amor. Renascer obriga a que se abandone o lugar protegido, a zona de conforto e, também, que se corte o cordão umbilical.
Renascer é ter a coragem de enfrentar a imensa solidão que todo o homem sente quando chega o momento da decisão.
Renascer não é partir, é renovar-se, é arriscar-se, é purificar-se, é voltar a Amar e voltar a Viver.
Caminhe, então, pelo Caminho da Luz...


UBUNTU - “Eu sou porque nós somos”

1 comentário:

  1. Bom dia, Teresa. Um texto lindo e muito reflexivo. Acho que quem não renasce, envelhece precocemente.

    ResponderEliminar

Os seu comentários, sugestões, pedidos de partilha, etc. são, para além de muito bem-vindos, essenciais para que seja possível atingir os objetivos para os quais este blog foi criado.