sábado, 8 de março de 2014

TALVEZ


PHOTOGRAPHY

Talvez, talvez se sinta como uma solitária árvore, numa inóspita e alva paisagem.
Talvez sinta que o isolamento, a falta de apoio e o frio são um tormento demasiado grande para si.
Talvez lhe pareça que não faz sentido continuar a lutar. 
Talvez queira desistir.
Talvez já não seja capaz de acreditar.
Mas, a Árvore solitária, naquela imensidão branca e fria, vai ser protagonista e testemunha de um imenso milagre.
A Luz que a ilumina, aquele Sol pairando no céu vai aquecer a neve e derretê-la e, como por magia, as sementes, que por longo tempo se encontraram adormecidas, protegidas pela Mãe Terra, despertarão e brotarão da terra, transformando a imensidão branca, numa outra  verde, viçosa de vida.

A Árvore saberá, então, que das suas sementes nasceu vida. Que a sua coragem, esforço e solidão não foram em vão e que nunca mais ficará sozinha.
Tal como as da Árvore, também as suas sementes gerarão vida e, tal como ela, saberá que a sua luta, o seu esforço e dedicação não foram em vão.



JOSÉ RAMOS
Talvez, talvez pense que o seu caminho é difícil de trilhar, sobre rochedos inertes, sem vida, que lhe ferem os pés e a alma, a cada passo, em cada movimento menos contido.
Mas, se olhar melhor, verá que no rochedo, mais escarpado áspero e aguçado, também há vida. Porque o amor e a vida encontram sempre uma forma de desabrochar, por mais árido, inóspito e agreste que seja o local.


PHOTOGRAPHY
Talvez, talvez esteja indeciso sobre o caminho que deve tomar. 
Talvez, talvez já tenha perdido a esperança de acertar.
Talvez. talvez a nostalgia do que nunca viveu o esteja a esmagar.
Talvez, talvez a sua impotência, perante uma realidade incontrolável, o esteja a desesperar.
Mas saiba, também isso, um dia, irá passar.
Não perca a esperança, nem a coragem, ou a capacidade amar. A vida é cheia de caminhos, atalhos, subidas  agrestes e descidas íngremes, mas, no final, se o seu coração estiver aberto, todos os caminhos irão conduzir ao mesmo lugar.
Lá, onde o sol aquece mais,onde a temperatura é amena, a brisa nos acaricia o rosto com doçura. Lá onde a Luz nos envolve, onde sempre encontraremos a paz.



UBUNTU - "Eu sou porque nós somos"

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os seu comentários, sugestões, pedidos de partilha, etc. são, para além de muito bem-vindos, essenciais para que seja possível atingir os objetivos para os quais este blog foi criado.